18/06/2018

 

O volume de GNV vendido pela Sulgás, em maio, cresceu 23,88% em relação ao mesmo mês de 2017. Foram 232.713 metros cúbicos diários. É a maior marca alcançada nesse período, desde 2012. Mesmo com a paralisação de 15 postos abastecidos com Gás Natural Comprimido durante a greve dos caminhoneiros, as vendas superaram as do mês de abril em 4,1%.

A procura pelo serviço de instalação de kits de GNV também aumentou. Oficinas especializadas no serviço relatam que houve um incremento de pedidos de orçamento em cerca de 300%. A fila de espera que era de duas semanas, passou para dois meses.

Tendência que também pode ser comprovada pelo número de acessos ao simulador de economia no site da Sulgás. A média de acessos era de 463 usuários únicos por mês e, em maio, esse número saltou para 894. O site da Companhia também dispõe de um recurso que permite ao usuário imprimir o resultado da simulação e enviá-lo para um e-mail da Sulgás. De janeiro a abril, foram recebidas, em média, 36 simulações por mês. Já em maio, foram 127, sendo que 110 somente na segunda quinzena do mês.

Durante a greve, 65 postos conectados à rede canalizada da Sulgás garantiram o suprimento de GNV para os motoristas. Após o término da paralização dos caminhoneiros, e graças ao trabalho da Distribuidora Charrua - um dos parceiros que atua no transporte de GNC - foi possível garantir o rápido retorno da entrega do nosso produto aos clientes distantes da rede canalizada. Foram 26 carretas abastecidas em 36 horas. O dobro da média que normalmente a Charrua entrega aos estabelecimentos abastecidos com GNC.

Consumo de GNV

Dados: SULGÁS

Frota da veículos adaptados para uso do GNV no RS

 

Fonte: DENATRAN. O órgão ainda não disponibilizou os dados de maio.

SERVIÇO

Sites da Sulgás onde é possível realizar simulações de economia e ter acesso à relação das Instaladoras GNV Nota 10

www.sulgas.rs.gov.br

www.maisbaratocomgnv.com.br