MAIOR SEGURANÇA

Muitas empresas estão substituindo as empilhadeiras a GLP por empilhadeiras a gás natural. Os principais cases de sucesso nessa alteração foram os das empresas Ambev e da Coca-Cola.

Para passar para o gás natural é necessária apenas uma conversão na empilhadeira atual - muito semelhante as conversões realizadas nos veículos leves que utilizam GNV.

O consumo da sua empilhadeira será mais ou menos 1 m³ de gás natural para cada kg de GLP que a sua empilhadeira consome atualmente. 

O abastecimento geralmente é realizado através de um compressor e o gás natural é entregue via gasoduto.

 

BENEFÍCIOS COM A UTILIZAÇÃO DO GÁS NATURAL:

  • Faturamento pós-consumo.
  • Maior precisão na medição de combustível.
  • Ambiental - o GN por ser uma molécula mono carbono, gera menor quantidade de gases provedores do efeito estufa, como o CO2.
  • Evita a armazenagem e logística de combustível dentro da empresa.
  • Manutenção - devido às propriedades do GN, os defeitos diminuem consideravelmente, reduzindo muito o gasto com peças. A empilhadeira não fica parada por quebra.
  • Contingência - uma das contingências possíveis, é que na conversão da empilhadeira, a mesma fica apta a usar tanto o GN como o GLP.
  • Menor risco em caso de vazamento – O GN é mais leve que o ar e dissipa rapidamente na atmosfera, enquanto o GLP é de difícil dissipação, por ser mais pesado que o ar.