PRODUÇÃO DO GNVERDE

 

Nos últimos anos, a Sulgás tem investido em ações para promoção de novas fontes de suprimento de gás natural no Estado, entre as quais algumas pesquisas para o aproveitamento de biogás. Os experimentos buscam a produção de um gás com alto teor de metano (acima de 96%), que atenda a especificação técnica exigida pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Este gás, chamado biometano, recebeu a marca GNVerde.

O GNVerde é um combustível alternativo e 100% renovável, que está sendo testado em veículos e em uma indústria do Rio Grande do Sul desde 2013. Produzido a partir da transformação de resíduos orgânicos em um gás equivalente ao gás natural, o GNVerde será futuramente comercializado com exclusividade pela Sulgás.

Além de ser uma fonte alternativa e complementar de suprimento, o GNVerde também representa uma forma de disponibilizar o produto em regiões que não são atendidas pelo gasoduto, potencializando a interiorização do mercado de gás natural.

 

Atlas das Biomassas

As características geofísicas e o destaque no setor de agroindústria contribuem para que o Rio Grande do Sul tenha alto potencial para a produção de Biogás e Biometano. E foi pensando na ampliação da oferta de energia e combustível a partir desta fonte limpa e renovável que a Sulgás encomendou a UNIVATES um levantamento técnico para a elaboração do Atlas das Biomassas, amplo estudo sobre as regiões potenciais de produção de biogás e biometano no RS.

Clique na imagem para ter acesso à publicação.